EN SAN PABLO .. PERSONALIDADES .. HACEN EL BALANZO FIESTA DE INDEPENDENCIA.

0
244

Personalidades fazem um balanço da festa de Independência da Bolívia no Memorial

Por: Thiago Baltazar – São Paulo, 13 de agosto de 2012
Personalidades de diferentes instituições de São Paulo e setores culturais da comunidade boliviana comentaram sobre a festa de Independência da Bolívia que foi realizada entre os dias 4 e 5 de agosto no Memorial da América Latina.
O caráter ‘profissional’ do evento foi destacado pelo cônsul geral da Bolívia em São Paulo, Jaime Valdívia. Ele afirmou que a infraestrutura do Memorial foi um dos fatores decisivos para a escolha do espaço, pois o local conta com segurança para os visitantes e fluidez no transporte. “Quando nos organizamos e temos o apoio de vários segmentos, conseguimos fazer essas atividades”, disse.
O cônsul declarou que a sociedade civil boliviana já está preparada para mostrar suas atividades ao público paulistano e acrescentou que todos podem contribuir com a comunidade, conforme o consulado o faz pelas questões cívicas, a Associação Cultural Folclórica Bolívia Brasil (ACFBB) pela cultura e a Igreja da Paz pela preservação da fé.
Considerada um sucesso de público, com 68 mil pessoas, a comemoração de Independência da Bolívia se transformou  no maior evento em números do Memorial. De acordo com o diretor de atividades culturais da instituição, Fernando Calvozo, o evento cresceu significativamente desde a primeira edição há seis anos. 
Uma das explicações para o aumento de visitantes seria o desenvolvimento da interação entre bolivianos e brasileiros e, ainda de acordo com Calvozo, a organização do evento está se modificando para melhor, está mais unida e conta com mais pessoas envolvidas na gestão.
A convergência entre o folclore e a religiosidade foi enfatizada Padre Mario Geremia da Igreja da Paz ao falar sobre os destaques da festa. Ele ressaltou o fervor dos fraternos e relembrou que o evento foi feito para a ‘família’.
“O clima familiar foi bastante presente, as crianças estavam seguras e havia, inclusive, vários jovens integrados aos grupos e fraternidades. É isso que garante a continuidade dos valores da pátria, da cultura e da fé”, afirmou.
Como patrocinadora oficial da festa, a BoA (Boliviana de Aviación) viu um amadurecimento na organização do evento, conforme declarou o diretor da filial em São Paulo, Victor Palenque.
“O trabalho feito pela ACFBB é árduo, de muita paciência, tolerância, força e energia. A logística tem que ser muito bem feita a fim de evitar problemas e incidentes. Nos três últimos anos em que a BoA teve a oportunidade de participar, houve uma sensível melhora na gestão da festa”, declarou.
A empresa encara a o evento também como uma oportunidade de divulgar sua marca na comunidade e se reafirmar como a principal companhia aérea entre o Brasil e a Bolívia.
O cônsul geral da Bolívia,
Jaime Valdívia enfatizou o profissionalismo da festa
Um dos avanços na edição 2012, de acordo com Victor Palenque, diretor da BoA, foi a melhoria da gestão do evento
A religiosidade dos fraternos e o ambiente familiar predominaram
na festa, segundo o Padre Mario Geremia

De acordo com o diretor de atividades culturais da
Memorial, Fernando Calvozo, o evento cresceu
significativamente desde a primeira edição há seis anos
Fonte: 

Bolívia Cultural


DEJA UNA RESPUESTA

Please enter your comment!
Please enter your name here