EN SAN PABLO … EMPRESA ORMEÑO .. AUMENTA SUS SERVICIOS.

0
174

Coquetel de imprensa Ormeño

Por: Da Redação – São Paulo, 12 de maio de 2012

Na semana em que a terminar Rodoviária do Tietê cumpre 30 anos, ela que faz parte de milhares de histórias de partidas e chegadas de futuros em desenvolvimento, foi o palco em que nesta sexta feira (11) foi realizado o coquetel de imprensa, na ocacião a empresa de transporte terrestre Ormeño deu a conhecer aos meios de comunicação sua nova grade de horários entre os destinos Peru Brasil e Brasil Peru.

No ato dirigido pelo seu gerente de operações no Brasil Oscar Vasquez Solis, manteve o clima de realização de um passo muito importante no ambiente do turismo e comunicação entre a colônia peruana no Brasil.

Segundo Oscar a companhia de transporte terrestre nacional e internacional Ormeño, vai ampliar a partir de 10 de maio, os dias de viagem para Lima. Antes operada a cada quinze dias, agora serão semanalmente, às quartas-feiras de São Paulo a Lima, e às quintas-feiras de Lima a São Paulo.  Ambas a rotas passam por Cuzco. A mudança é devida a grande procura de passageiros por esse destino, já que o Brasil tem sido o destino de muitos imigrantes peruanos, e tem se intensificando muito a procura dos brasileiros conhecer o Peru.

Cuzco – Rio de Janeiro, é uma das novas rotas da empresa que deve ser implantada em breve, segundo assessoria de imprensa da Ormeño. Sem esquecer que a direção de Ormeño anda negociando pelo novo serviço de transporte de carga e encomendas entre os dois países, complementou Oscar.

O evento foi marcado pela presença dos representantes do corpo consular do Peru. Mário Geremia pároco da Igreja de Nossa Senhora da Paz realizou o ato religioso abençoando a nova rota de Ormeño, “temos que apoiar o desenvolvimento das empresas privadas e esperar que elas apóiem e não esqueçam dos seus usuários” diz o Pe. Mário.

O colorido e a mostra do folclore peruano ficou abrilhantado nas apresentações de danças típicas peruanas. O público acompanhou de perto com as palmas e também participou da dança quando convidados pelos dançarinos. O brasileiro designer gráfico Carlos Martinz (32 anos) que no dia foi para rodoviária comprar passagens, ficou intrigado pela música e se aproximo ao palco da mostra cultural, “estou fascinado pelas cores e a diferença da música acredito que América Latina sempre foi rica culturalmente, pena que temos pouca proximidade destas mostras folclóricas, e fico feliz por ter mais opções de conhecer as belezas do pais irmão peru”.
Fonte: 

Bolívia Cultural


DEJA UNA RESPUESTA

Please enter your comment!
Please enter your name here